A- ASSAM – O chá de Assam

Chá de Assam

O chá de Assam para os amantes do chá, resulta em uma xícara de chá encorpado, intenso, maltado e de cor escura, que complementa a um perfeito café da manhã. Além disso, é a escolha ideal para os blends denominados “Breakfast Teas”.
Mas o  que é Assam, ou mais corretamente, onde está Assam?

Rio Brahmaputra

Assam é um estado no nordeste da Índia, que faz fronteira com os países do Butão e Bangladesh. Também faz fronteira com vários estados do nordeste da Índia, como Arunachal Pradesh, Nagaland, Manipur, Meghalaya, Tripura e West Bengal. O estado é muito fértil, graças ao rio Brahmaputra que se origina no Tibete como Yarlung Tsangpo e flui por todo o caminho. É o Brahmaputra que é a tábua de salvação para o estado, criando um ambiente fértil e rico para a agricultura.

Assam, considerada a maior região produtora de chá do mundo, produz quase metade do chá Índia, elevando-a no ranking, como o segundo maior produtor de chá do mundo, depois da China.

E como o chá chegou a Assam?  Curiosamente, a história é sobre como o chá já estava crescendo em Assam quando a British East India Company, fortemente dependente da China em chá, buscava outras fontes alternativas de cultivo. Inesperadamente, Assam provou oferecer a alternativa.

Entre as várias comunidades que vivem em Assam estão os Singpho, que se acredita serem os primeiros a beber chá na Índia. Na década de 1820, um ministro assamês, Maniram Baruaah, apresentou um comerciante britânico , Robert Bruce, ao líder dos Singpho, Beesa Gam. A história conta que Robert percebeu que era de fato uma planta de chá que crescia ali, em Assam. Essa também era uma época em que os britânicos eram fortemente dependentes da China em chá e buscavam fontes alternativas de cultivo. Robert morreu pouco depois de sua descoberta, mas seu irmão, Charles Bruce, foi capaz de terminar o que o seu irmão havia iniciado. As plantas de chá de Assam foram enviadas aos botânicos britânicos e a espécie ganhou sua própria classificação como Camellia sinensis var. Assamica.As plantas de chá “assamica” são distinguíveis das plantas de chá “chinary”( planta da China), por terem folhas maiores e são mais resistentes.

Em seus quase 200 anos de história, Assam viu a evolução de uma indústria de chá em pleno desenvolvimento, começando com o chá preto, que encontrou grande popularidade na Inglaterra. Na década de 1950, a mecanização,graças à revolução industrial na Europa, foi introduzida para aumentar a produção. A máquina de triturar as folhas de chá deu origem à produção do chá CTC (Crush, Tear, Curl) ou esmagar, cortar e enrolar. As máquinas CTC produzem um chá preto altamente oxidado em forma de pequenos grãos. Estes são chás de infusão rápida e forte e, o mais importante, disponíveis a um custo menor.

As máquinas do CTC transformaram a forma de fazer chá, dando lugar a duas escolas principais de produção de chá – Ortodoxa e CTC. Contudo, com o aumento da produção de CTC, Assam se tornou sinônimo de volume em vez de qualidade, chá forte em vez de sabor e chá preto em vez de uma ampla variedade de chás. O interessante é que o CTC também é o chá propagado na Índia e o  preferido no país. É o mais adequado para o chai, que é preparado com leite, açúcar e às vezes condimentado.

O chá preto Assam é classificado em graduações que ajudam os compradores na seleção e no preço. Existem três conjuntos de graduação – folha inteira, folha quebrada e CTC.

Um grau como FTGFOP é um dos melhores graus e significa Fine Tippy Golden Flowery Orange Pekoe. O Tippy Golden indica a presença de brotos que embalam sabor. Os graus de folha quebrada são indicados pelas letras BOP ou Broken Orange Pekoe.

Colheita de verão

O chá em Assam é colhido durante todo o ano, exceto no inverno (novembro a fevereiro). Tanto o chá ortodoxo quanto o CTC continuam sendo produzidos, sendo que os chás ortodoxos de Assam estão entre os chás mais saborosos disponíveis no mundo. O verão está entre as épocas de colheita em que a planta oferece uma abundância de brotos, o que qualifica e evidencia a fama do chá de Assam.Nos últimos anos, Assam também viu muitas mudanças na indústria do chá. Um deles está na ascensão dos pequenos produtores ao lado dos jardins de chá regulamentados. Os pequenos produtores de chá vendem para grandes propriedades que têm suas próprias fábricas e também para as fábricas de folhas compradas que surgiram desde então. Outra mudança importante foi na inovação. Alguns produtores de chá, nos últimos 10 anos, têm experimentado técnicas de fabricação de chá e estão produzindo, chás brancos e verdes especiais, além do preto, do qual Assam sempre ganhou notoriedade

ASSAM- Visão Geral

Elevação 45-60 metros
Área de produção de chá 312.210 hectares
Tipo de solo Argiloso vermelho, solo laterítico, solo aluvial
Precipitação: 2.500-3.000 mm
Épocas de colheita: primavera, verão, outono
Volume de produção de chá: 507 milhões de kg ( anual)
Chá produzido: Chá Preto (CTC e Ortodoxo), Chá Verde, Chá Branco

Perfil do Chá preto Assam:
Cor: licor dourado acobreado e/ou avermelhado
Aroma: Doce, de tâmaras e mel
Sabores: Encorpado, maltado, doce, com vivacidade e alguma adstringência

Preparo do chá preto:
O chá preto, em geral, é preparado no estilo ocidental, por imersão em água (100º C) por 4-5 minutos. Leite e açúcar são opcionais.
O chá CTC é fervido com água, leite e açúcar. Especiarias como cardamomo, cravo, gengibre e até pimenta são adicionadas para criar o masala chai. O leite ajuda a reduzir a força tânica do chá CTC.

SAÚDE E O CHÁ

Uma pesquisa da Tocklai Tea Research Association em Assam mostrou que o chá preto pode ser  benéfico como anti-inflamatório, anticâncer, na redução do risco de doenças cardiovasculares e propriedades antivirais, entre outras.

HARMONIZAÇÃO COM ALIMENTOS

O chá preto Assam pode resistir a sabores fortes, alimentos picantes e fritos. Combina bem com a cozinha indiana, um café da manhã inglês completo e semelhantes. Os “sommeliers” sugerem que devemos combinar o chá preto com alimentos que combinam bem com o vinho tinto – pratos fartos e ricos.

Há uma variedade de chás Assam e inclui alguns dos distritos de chá finos como Upper Assam, e chás de folha única de alta qualidade de jardins como Koilamari, Dikom, Mokalbari e Bukhlal junto com uma mistura selecionada de graus de folhas quebradas. Os chás são adequados para acompanhar com leite e adoçante.

Tradução livre por Elizeth R.S.v.d.Vorst

More from Aravinda Anantharaman
D- DARJEELING
Darjeeling é um local montanhoso no estado indiano de Bengala Ocidental, e...
Read More
0 replies on “A- ASSAM – O chá de Assam”