Desvendando o mistério do chá escuro: – por Liang Xiao

Colhendo chá ao longo das margens do Rio Zijiang.

Anhua, no norte da província de Hunan, conhecida como o coração da cultura Meishan nos tempos antigos, fica ao longo do rio Zijiang. O povo Meishan viveu nesta área por 5.000 anos e é uma das três culturas ancestrais chinesas (junto com Zhongyuan e Jingchu).

Anhua River SystemO condado de Anhua é famoso por seu chá desde os tempos antigos, mas dois séculos se passariam antes que a ciência pudesse explicar o mistério que permitiu a produção moderna. Hoje, o condado de Anhua é o lar de cerca de um milhão de pessoas que vivem em 18 cidades. A maioria trabalha na produção e venda de chá. Anhua é a divisão mais meridional e mais ocidental de Yiyang e era uma importante estação de passagem ao longo da Tea Horse Road. O condado foi estabelecido durante a Dinastia Song do Norte (1072) e cresceu em importância durante as Dinastias Ming e Qing. A floresta cobre 77% de seu terreno montanhoso, que é drenado por um extenso sistema de rios que flui para o Yangtze, a jusante de Wuhan.

Chá Escuro
Tijolo de chá escuro

Os produtores do condado de Anhua inventaram a tecnologia de processamento de chá escuro antes de 1524, o que levou ao aumento da produção e comercialização deste chá. O chá compacto e de fácil transporte era muito popular localmente e, em 1595, o chá escuro Anhua foi formalmente designado como o “Chá Oficial” do governo da dinastia Ming, tornando-o uma forma regulamentada de moeda. Isso levou a uma ampla exportação em todo o noroeste da China. Nas centenas de anos que se seguiram, o chá escuro foi considerado o “chá da vida” pelas minorias étnicas do noroeste e referido como o “chá misterioso na estrada da seda” pelo mundo, porque nenhum outro fabricante de chá compreendia as técnicas de processamento mantidas em mãos restritas. transmitido por famílias de uma geração para a outra.

 

 

 

A 2015 Gaoma Bailiang. As fatias pesam 130 gramas e custam US $ 45. Foto cedida por Exquisite Leaves

Técnicas específicas para famílias são o motivo pelo qual  Anhua é o berço de tantas variedades de chá escuro. Durante a Dinastia Qing, os empresários em Shanxi desenvolveram inúmeros tesouros de chá escuro, como o chá Yajian, o chá Tianjian, o chá Gongjian e o chá Shengjian. Os comerciantes de chá que atendem ao mercado de exportação inventaram o chá Bailiang, um chá cilíndrico. O chá pós-fermentado é comprimido em uma forma que lembra troncos, para que possa ser facilmente transportado por cavalos. O chá é envolto em bambu que o protege das intempéries. Esses chás ainda estão disponíveis como Qianliang (cilindro grande) e Shiliang (cilindro pequeno), mas a forma mais comum é Bailiang, que se traduz como 10 Liang. Liang descreve uma unidade tradicional de massa, uma fatia de 10 Liang pesa aproximadamente uma libra.

As complexas técnicas de processamento usadas para produzir o chá Anhua Qianliang são oficialmente reconhecidas como parte do “Patrimônio Cultural Imaterial Nacional da China”. A região também produz chás de folhas soltas Hei Zhuan que não sofrem pós-fermentação como o chá escuro, o que significa que um pouco de adstringência e amargor permanecerão.

Thousand Tael Tea

Durante o início da Dinastia Ming, os produtores aperfeiçoaram o então popular Sichuan Wucha (chá tibetano), abandonando o processamento de folhas verdes fervidas e cozidas no vapor por um processo de frito que produziu um sabor mais popular entre os tibetanos. Ao longo de toda a fronteira norte, o chá tornou-se uma necessidade diária. O processamento, no entanto, foi limitado em escala até 1939, quando Peng Xianze, conhecido como o pai da teoria do chá escuro, teve sucesso na produção de chá escuro em forma de tijolo em Anhua.

Ele fundou a primeira fábrica de chá de tijolo na província de Hunan, produzindo primeiro chá Heizhuan (1940), depois o primeiro chá Fuzhuan “Fu Brick” (1953) e o primeiro chá Huazhuan (1958). Os Tijolos Fu apresentam pequenas “flores douradas” que crescem na superfície do chá devido à fermentação de empilhamento mais agressivo. A fábrica, fundada pela Zhangzhou Company em Zhangzhou, foi adquirida pelo Governo Provincial de Hunan em 1950 e o nome foi alterado para Hunan Anhua Tea Factory. O chá escuro em 2020 representou cerca de 5,8% das exportações de chá da China em valor.

Cavalos transportando chá comprimido e firmemente embrulhado em bambu

O chá escuro Anhua é preto ou marrom escuro na cor, ele infunde para um amarelo-alaranjado ou vermelho-alaranjado e tem um sabor suave com fragrância pura ou singular aroma defumado de pinho e pode ser fermentado em um tempo de longa duração. Geralmente descrito como possuidor de cânfora, menta ou sabor de resina de pinheiro.

Quando armazenado em local bem ventilado, seco e fresco, a qualidade do chá escuro Anhua melhora. Até certo ponto, quanto mais tempo for envelhecido, melhor. O chá escuro envelhecidos produz um líquido mais vermelho, tem um sabor mais doce e uma fragrância inebriante.

Ao longo do rio Zijiang   Cavalos transportando chá    Chá pronto para transporte    Colheita na montanha

Nos últimos anos, graças ao forte apoio do governo, o condado de Anhua tem se concentrado na integração das indústrias, recursos e publicidade do chá e promoveu o desenvolvimento de alta qualidade da indústria do chá da Anhua. Atualmente, o condado de Anhua é o maior produtor de chá escuro da China, e os chás pretos geram a maior parte da receita tributária. O chá escuro Anhua tem crescido gradualmente para se tornar um pilar da indústria local com produção em larga escala, uma marca famosa. O chá Anhua é vital para atingir a meta estratégica de 100 bilhões de chá Xiang na província de Hunan.

Anhua no rio Zijiang

Tradução livre Elizeth R.S.v.d.Vorst

COPYRIGHT 2020 Tea Journey – Todos os direitos reservados

Para ler o artigo original em inglês, Clique aqui e se inscreva gratuitamente na Tea Journey (nosso colaborador e a melhor revista sobre chá).

Declaração Importante:
Embora a “Tea Friends” tenha permissão para as publicações da “Tea Journey” em seu conteúdo, todos os outros direitos são reservados à Tea Journey.
“Copyright 2020 Tea Journey – Todos os direitos reservados”

 

Written By
More from Tea Journey
Chá da Montanha Huangshan- por Sia Yu
Durante séculos, no sudoeste de Anhui, a Montanha Huangshan conquistou os amantes...
Read More
0 replies on “Desvendando o mistério do chá escuro: – por Liang Xiao”