Um Chai inesquecível

Quando o inverno está chegando neste lado do mundo (sul da Califórnia) e nossa escassa quantidade de chuva começa a cair, meu paladar se transforma em chai. Mas não qualquer chai de uma rede de cafeteria, uma pálida imitação do real. Desejo sabores ousados ​​e as notas da personalidade de um bom chá a par da mistura de especiarias na bebida. E depois há a questão de qual tipo de leite usar. Integral ou creme? E quanto ao adoçante? Será açúcar, mel, xarope de ouro da Lyle ou nenhum dos anteriores? Gosto de combinar dulçor com laticínios, mas adicionando um pouco de caramelo: um deleite e fácil de conseguir. Veja como.

Comece o processo dourando, em uma panela grossa, cerca de 2,5 cm de açúcar em fogo médio. Continue cozinhando até notar os primeiros sinais de derretimento do açúcar e começando a dourar. Não mexa a mistura, apenas deixe que continue dourando, ocasionalmente movendo as porções não derretidas para as derretidas com o uso de uma colher de pau. Continue a cozinhar novamente em fogo médio até que a mistura se torne um líquido uniformemente dourado, mas não queimado (e repito “derretido” – esteja sempre vigilante e não se queime!). Desligue o fogo e remova a panela. Adicione uma porção de creme de leite (cerca de 1 a 1-1 / 2 xícaras ao todo) que farão a mistura borbulhar furiosamente – mais uma vez, tome cuidado. Deixe o borbulhar diminuir e mexa delicadamente para suavizar a mistura. Deixe esfriar completamente e guarde em um recipiente hermético na geladeira. Isso vai durar semanas, mas eu duvido que ficará por muito tempo em sua cozinha … você ficará tentado a esquentar um pouco para cobrir uma bola de sorvete de baunilha ou derramar sobre um pedaço de bolo ou como molho para biscoitos simples. Esta quantidade rende aproximadamente 1 litro. Mas estou divagando.

Voltando ao chai (que será enriquecido com esta gloriosa mistura cremosa doce), gosto de usar um forte chá maltado de Assam como base.

Para duas porções, leve para ferver 350ml de água, 2 paus de canela, um pedaço 10cm de raiz de gengibre fresco descascado e cortado em rodelas de ½ polegada e amassado com uma faca pesada ou amassador de carne, 4 cravos inteiros , 4 vagens inteiras de cardamomo , 4 bagas de pimenta da Jamaica inteiras e alguns grãos de pimenta. Ferva isso por alguns minutos. Desligue e deixe infundir por meia hora (planeje com antecedência). Agora despeje o líquido por uma peneira, descartando os temperos. (Observação: você pode fazer isso com antecedência e mantê-lo refrigerado; vai durar alguns dias – então continue com a próxima etapa quando estiver pronto para terminar e servir.)

Retorne o líquido agora infundido para uma panela. Adicione 3 gramas de chá a granel (a medida do volume varia dependendo do tamanho das folhas) e deixe ferver. Retire do fogo e deixe em infusão por 3 ou 4 minutos, degustando durante este tempo para ter certeza de que acertou; o tempo de preparo depende do chá e do seu gosto. Quando estiver satisfeito com a obtenção da bebida perfeita, descarte as folhas de chá. Despeje em xícaras ou canecas aquecidas, acrescente um pouco do caramelo (de cima) para adoçar a gosto e sente-se perto do fogo com um bom livro, ou com seu belo gato ronronando em seu colo, ou ambos. Inspire o aroma adorável e desfrute deste deleite ambrosial enquanto ainda está quente.

A foto “Chai Tea” tem direitos autorais sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.0 Generic License para o fotógrafo Ben Cumming e está sendo publicada inalterada (fonte)

Publicado originalmente no site “T Ching”. Para ler o artigo original em inglês e conhecer o blog da T Ching clique aqui
COPYRIGHT 2021 T Ching – Todos os direitos reservados

Tradução livre – Elizeth R.S. v.d.Vorst

More from Robert Wemischner
Chá com leite, ovos e açúcar; Uma receita de pudim com chá Assam
Quando o tempo esfria, eu trago para a frente de minha prateleira...
Read More
0 replies on “Um Chai inesquecível”