Chá da Montanha Huangshan- por Sia Yu

Durante séculos, no sudoeste de Anhui, a Montanha Huangshan conquistou os amantes do chá, paisagens e poetas.

Huangshan, sem costa marítima, é uma das áreas produtoras de chá mais antigas e famosas da China. As plantações começaram antes da Dinastia Tang (618-907). Historicamente, Huizhou incluía os condados de Xiuning (休宁), Qimen (祁门), Jixi (绩溪), Yixian (黟 县) e Shexian (歙县), além de Wuyuan (婺 源) na atual província de Jiangxi. Durante as cinco dinastias, o chá Shezhou Dafang era um chá de tributo preferido pela família imperial. Na Dinastia Song, no início do comércio comercial, a área cultivada com chá se expandia continuamente.

A prosperidade que acompanhou o chá Huangshan Yunwu e o chá verde Tunxi financiou o desenvolvimento do chá Maofeng, chá preto Keemun, chá Taiping Houkui e vários outros chás perfumados.

Durante este período, uma variedade de chás famosos surgiram.

Foi então também que a tecnologia de fritura do chá Huangshan e a tecnologia de processamento de chá Songluo se espalharam durante as dinastias Ming e Qing nas áreas de chá do sul, impulsionando a inovação na tecnologia de processamento de chá.

Os prósperos comerciantes de chá de Huizhou, conhecidos como comerciantes Hui, estabeleceram uma rede poderosa, ética e honesta, fornecendo uma vasta região de Yanjing, no norte do Cantão, no sul. Alguns até comercializaram com o Japão e Portugal. Muitos chás famosos venderam bem, trazendo honra para Huangshan, um dos principais fornecedores de chás para exportação. Os comerciantes de Hui também vendiam algodão, tecido, papel, tinta e porcelana. Há um ditado que diz: não há negócios sem comerciantes de Anhui e não há mercado sem chá – descrevendo apropriadamente a comunidade empresarial durante as dinastias Ming (1368-1644) e Qing.

Chá Preto Keemun

Após a fundação da República da China, a indústria do chá Huizhou desenvolveu-se rapidamente. Durante o período de economia planejada, o chá preto Keemun e o chá verde Tunxi se tornaram as principais exportações de chá. Em Qimen, Tunxi e She County, três fábricas de chá surgiram e fizeram contribuições significativas para a indústria chinesa de chá e o comércio internacional de chá.

Chá verde aiPing HouKui

Outros chás como Huangshan Maofeng, chá Taiping Houkui também ganharam fama crescente e foram classificados como dois dos dez chás famosos da China por muitos anos. Sua reputação melhorou muito com a abertura do mercado nacional de chá. O interesse em chás históricos como Yixian Shimo, chá Keemun An, chá branco Huangshan foi renovado e novos produtos de chá como Yinhao, Dishui Xiang, Keemun Xiangluo e Huangshan Green Peony e outros chás artesanais foram desenvolvidos.

Em 2020, após anos de desenvolvimento, a área de plantação de chá na cidade de Huangshan agora cobre quase 135.000 acres (800.000 mu), com uma produção anual de quase 40.000 toneladas.

TaiPing HouKui

Quatro produtos se qualificam para proteção ecológica na origem. Existem duas empresas líderes em nível nacional, 22 empresas líderes em nível provincial, duas marcas chinesas consagradas pelo tempo e dez marcas registradas chinesas bem conhecidas.

A cidade está localizada perto de Xangai e Hangzhou. Séculos atrás, era chamado de Huizhou, um símbolo de “harmonia e felicidade”. Nos tempos modernos, ela se tornou uma das primeiras cidades a ser nomeada como Excelente Cidade Turística Chinesa, Melhor Cidade Chinesa para Lazer, Cidade Jardim Nacional, bem como uma cidade que ganhou o “Prêmio Ambiental de Habitat Chinês”.

As montanhas ao redor de Huangshan são como um rolo de imagens, com esplêndidas paisagens chinesas. A cordilheira Huangshan fica acima de vales cortados por rios e riachos. A montanha Huangshan é conhecida como “a montanha de todas as montanhas” na China. A região é famosa por suas cinco maravilhas, pinheiros peculiares, rochas de aparência estranha, um mar de nuvens, fontes termais e neves de inverno.

Taiping Houkui embalado

A Área Cênica é a primeira atração turística a ser integrada ao Patrimônio Mundial Cultural e Natural, Geoparque Mundial e Reserva Mundial da Biosfera. A montanha Huangshan é um símbolo da nação chinesa igual em estatura ao rio Yangtze, à Grande Muralha e ao rio Amarelo.

Caminhando pela cidade de Huangshan, você pode ver as belas montanhas e rios em todos os lugares, incrustados com incontáveis ​​vilas, que parecem naturais e tranquilas, simples e harmoniosas, poéticas e pitorescas.

Huangshan é uma janela essencial para a cultura tradicional chinesa. Por milhares de anos, as pessoas desta terra têm cultuado o conhecimento e a educação, o que pode ser vividamente refletido no ditado: “Mesmo em uma vila de apenas dez famílias, a educação não será abandonada”.

Se Huangshan é um livro amplo e profundo, a cultura Huizhou é sua alma. Com o confucionismo como seu núcleo, a cultura Huizhou estabeleceu um sistema completo cobrindo várias categorias de disciplinas, como clássicos, história, filosofia, medicina, ciência, arte, etc. Cultivou milhares de celebridades históricas de Huizhou, restando 5.000 relíquias históricas e culturais e mais de 1.000 heranças culturais intangíveis. Ela está ao lado da cultura tibetana e da cultura Dunhuang como as três culturas regionais da China.

As habitações populares aqui, construídas ao longo das montanhas e rios, são símbolos importantes da cultura arquitetônica tradicional chinesa. Muitas aldeias antigas, habitações, salões ancestrais, arcadas e outras relíquias culturais ainda estão bem preservadas após centenas de anos. A vila de Xidi e a vila de Hongcun são antigas vilas no sul da província de Anhui, designadas como patrimônios culturais mundiais da UNESCO e conhecidas como “vilas com pinturas chinesas”. Os telhados intrincadamente esculpidos de Xidi e Hongcun ainda trazem as descrições de negócios administrados a partir daquele local por mercadores Hui.

Huangshan
Chá Songluo

Tunxi Old Street é o bloco comercial mais bem preservado da China, com os estilos arquitetônicos das dinastias Song, Ming e Qing. Qualquer aldeia em Huangshan tem uma história e qualquer pedra pode refrescar a memória das pessoas.

Huangshan é uma cidade modelo para entender a reforma e a abertura chinesas. Durante a Dinastia Ming, 70% dos homens desta região estavam envolvidos no comércio, uma porcentagem mais alta do que em qualquer outro lugar na China.

Huangshan Maofeng

Hoje em dia, a cidade de Huangshan recebe quase três milhões de turistas estrangeiros todos os anos e estabeleceu relações amigáveis ​​com marcos naturais, incluindo o Jungfrau suíço, Yosemite da América, Lesvos gregos, Banff do Canadá, Zelanian Kaikoura e Angkor cambojano. A Huangshan Scenic Area recebeu o Prêmio Internacional de Salvaguarda e Gestão de Paisagens Culturais pela UNESCO, tornando-se o primeiro observatório global da OMT sobre turismo sustentável de patrimônio mundial na China.

Há um pinheiro peculiar chamado “O Pinheiro que Cumprimenta os Convidados” no topo da Montanha Huangshan, que cresce em penhascos com seus galhos estendendo-se para receber hóspedes de longe. As árvores convidam os visitantes a vivenciar o espetacular Huangshan, o cortês Huizhou e o encanto de Huangshan, apreciando juntamente a cultura Huizhou.

Os pinheiros da saudação convidam os visitantes a caminhar até o cume da montanha Huangshan

COPYRIGHT 2020 Tea Journey – Todos os direitos reservados

Para ler o artigo original em inglês, clique aqui.
Clique aqui para se inscrever gratuitamente na Tea Journey (nosso colaborador e a melhor revista sobre chá).

Declaração Importante:
Embora a “Tea Friends” tenha permissão para as publicações da “Tea Journey” em seu conteúdo, todos os outros direitos são reservados à Tea Journey.
“Copyright 2020 Tea Journey – Todos os direitos reservados”

Tradução livre: Elizeth R.S.v.d.Vorst

Written By
More from Tea Journey
Desvendando o mistério do chá escuro: – por Liang Xiao
Anhua, no norte da província de Hunan, conhecida como o coração da...
Read More
0 replies on “Chá da Montanha Huangshan- por Sia Yu”