K-Kullard, Chaleiras e “Caddy”

A icônica chaleira indiana é uma das melhores representações das cores e mercados da Índia. Ela mantém a promessa de chai quente, leitoso e temperado e pode ser encontrada em qualquer tamanho no país. A chaleira de alumínio é talvez a melhor contribuição da Índia para o serviço de chá, junto com os copos de kulhad ou terracota e os copos de vidro no suporte. Curiosamente, esses utensílios de chá não são sobre cerimônias ou festas de chá refinadas, mas são para portabilidade e sociabilidade.

chaleira  indiana

O antropólogo Kurush Dalal me disse que a forma da chaleira remonta à idade do bronze, quando tigelas com bico eram usadas para derramar líquidos como óleos e ghee(um tipo de manteiga clarificada, muito usado na culinária indiana, feito com leite de vaca ou de búfala). Eram vasos de latão em várias formas, alguns com entalhes intrincados. O bico angulado era a principal característica.

No início do século 20, a British East India Company começou a desenvolver o mercado de chá indiano. Isso foi feito em estações ferroviárias, fábricas e pequenos vendedores na rua. A chaleira de latão emprestou seu design para a forma, mas o alumínio chegou como um metal moderno e mais leve e se tornou o metal de escolha para a chaleira.

Caddy

Também aprendi com Dalal que nas cidades, à medida que os distritos comerciais cresciam, os restaurantes começaram a servir o chai. Os meninos saíam  coletando pedidos dos lojistas e voltavam com o chai. Para facilitar o trabalho, o “caddy de chá” ou carregador/suporte de metal, foi feito para dar suporte aos copos transparentes repletos de chá. Neste caso, o vidro era o material de escolha, pois os copos de metal eram mais caros e as pessoas tinham suas reservas em beber em copos usados ​​por pessoas de “casta” desconhecida.

Depois, lógico, o kulhad, que é uma xícara em terracota para o chai e que é mais popular nas ruas de Calcutá. Esses copos podem ser usados ​​e descartados e são considerados ecologicamente corretos, mais do que os copos descartáveis. Eles existem há muito tempo, remontando à civilização “Indus Valley”.

Atualmente, o kulhad também é encontrado em talheres e faianças em uma variedade de formas e desenhos. Notavelmente, nem os copos de chai nem o kulhad vêm com uma alça, convidando os consumidores a segurá-los adequadamente e aproveitar o calor do chai em sua totalidade.

Kulhad
More from Aravinda Anantharaman
N- NIlgiris- história e evolução
Ao longo das fronteiras ocidentais do subcontinente indiano , encontra-se a famosa...
Read More
0 replies on “K-Kullard, Chaleiras e “Caddy””